"O desenvolvimento da inteligência artificial plena poderia significar o fim da raça humana", diz Hawking.



 pisapapeles.net/Reprodução


Em uma recente entrevista para a BBC, Hawking afirmou que a criação de máquinas capazes de pensar e aprender em um nível que iguala ou até supera o ser humano comum, poderia acabar com a humanidade.
"O desenvolvimento da inteligência artificial plena poderia significar o fim da raça humana", disse o astrofísico. Segundo Hawking, nossas versões modernas da I.A (Inteligência Artificial) têm sido amplamente úteis e influentes para milhões de vidas, mas é um reino ilimitado e inexplorado que coloca importantes advertências, devido à capacidade da I.A crescer e evoluir livre de fatores que os seres humanos estão subjugados biologicamente.
"Os seres humanos, que são limitados pela lenta evolução biológica, não poderia competir e seria substituído", Hawking advertiu.

Hamking, sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa, e ele está usando no momento um novo sistema desenvolvido pela empresa Intel para se comunicar. Esta tecnologia, já empregada como um aplicativo para teclados de smartphones, "aprende" a forma como Hawking pensa e sugere palavras que ele pode querer usar em seguida.

O astrofísico não está sozinho em seu temor. A curto prazo, a preocupação se dá no mercado de trabalho onde, milhões de postos de trabalho foram substituídos por maquinas que realizam tarefas antes, voltadas para humanos. Elon Musk, líder de empresa de tecnologia disse acreditar que a longo prazo, a inteligência artificial se torne “ nossa maior ameaça existencial”.

Estamos provavelmente há algumas décadas de distância do tipo de inteligência artificial que Hawking fala, mas sua mensagem deve considerada um alerta, especialmente porque nossas vidas tem se cruzado e fundido a tecnologia, cada vez mais.


Fontes: IGN/US, BBC Br.
Si Caetano
Si Caetano

Quer sugerir alguma pauta para o blog? Me envie um e-mail sicaetano@ateliw.com.br

COMENTE COM SEU LOGIN DO FACEBOOK

COMENTE COM SEU LOGIN GOOGLE

Postar um comentário